São muitas as curiosidades em torno da história do cristal e neste post revelamos algumas delas. Confira:

 

1- A origem do cristal

Os primeiros registros apontam que há 7 mil anos, quando mercadores fenícios fizeram uma fogueira na areia da praia, improvisando com blocos de salitre e soda, descobriram o vidro – a mistura de fogo, areia e nitrato de sódio resulta em vidro.

Já a técnica de transformar vidro em peças únicas surgiu por volta de 100 a.C., época em que romanos utilizavam o sopro para confeccionar as suas janelas em moldes.

A produção do vidro artístico iniciou no século XIII, em Veneza (Itália). Da mesma forma, nessa mesma época foi criado o cristal, na ilha de Murano. A fama das peças de Murano perduram até hoje e sua técnica artesanal é referência e inspiração para o trabalho desenvolvido pela Cristais de Gramado.

 

2- Um segredo muito bem guardado

Reza a lenda que, em 1291, quando todas as fábricas de cristais foram transferidas para a ilha de Murano, a real finalidade foi a de conservar os segredos em torno desta arte. 

Na época, cada mestre teve que produzir uma adaga. Em caso de desrespeito às regras estipuladas pelo governo, o mestre receberia pena de morte e sua execução seria por enforcamento ou com a sua própria adaga de cristal.

 

3- Contribuindo para a Ciência

Determinado processo, envolvendo o vidro e o cristal, já há séculos tem servido de base para estudos e contribuído para diversos avanços relacionados à resistência e maleabilidade de materiais, como as telas de celulares, por exemplo.

Conhecida como Gota de Rupert, é criada ao deixar cair uma gota de vidro incandescente em água muito fria. Com o resfriamento imediato, torna-se um material extremamente resistente – podendo suportar até 20 toneladas de pressão.

Também conhecida como lágrima holandesa, lágrima de vidro e esfera de Rupert, é o vidro que não quebra, mas explode – só é preciso uma pequena abertura na borda da gota, onde estão aprisionadas toda a tensão, para que ela, literalmente, exploda.

 

4- Fazendo parte da história do Brasil

O cristal e o vidro chegaram e fizeram (e fazem) parte da história do Brasil, desde o descobrimento até o presente, passando pelas vidraças estilhaçadas das guerras da independência e, também, pelas janelas da Família Real.

Quem conta em detalhes esta história é o jornalista Eduardo Bueno, o Peninha, em vídeo preparado especialmente para o Canal Buenas Ideias, no YouTube.

 

Segredos revelados ao mundo

Estas são algumas das curiosidades reveladas ao mundo, no Museu Vivo do Cristal, em Gramado. Durante a visita à Cristais de Gramado, é possível fazer uma verdadeira imersão pela história e segredos em torno desta arte milenar.

Em 2 mil m² de parque coberto, o visitante tem a oportunidade conhecer os mistérios relacionados à história do cristal artístico, vivenciando uma série de experiências únicas em torno deste universo de transformação, cor e beleza.

Recentemente, a Cristais de Gramado recebeu o prêmio Travelers’ Choice Award 2021. A distinção, criada em 2012, é conferida aos estabelecimentos que recebem ótimos comentários de viajantes, pelo período de um ano no Tripadvisor – o maior site de viagens do mundo. O Prêmio reflete “o melhor dos melhores” em termos de satisfação dos clientes e coloca os estabelecimentos escolhidos na lista dos 10% considerados os favoritos do público.

A Cristais de Gramado está localizada na RS 115, nº 36161, Várzea Grande, a poucos metros do Pórtico de entrada em Gramado, e abre diariamente, sempre das 8h30 às 17h30. Os ingressos podem ser obtidos antecipadamente no site

 

Venha nos visitar e conferir de perto este universo de transformação, cor e beleza!